Inovação socioecológica. Como mudar o mundo para melhor?

A inovação socioecológica abrange todas as iniciativas que buscam construir um mundo melhor levando em conta aspectos sociais, ambientais, culturais e econômicos. Tais iniciativas frequentemente trabalham em escala ultralocal, mas estão ao mesmo tempo profundamente conectadas e dialogando em rede, no mundo inteiro. E vêm cada vez mais adotando metodologias ágeis, criativas, experimentais e de contínuos aprendizado e aprimoramento para alcançar seus objetivos.

Leia um artigo sobre inovação socioecológica escrito por Felipe Fonseca, criador do sei.eco. E veja abaixo exemplos de campos em que a inovação socioecológica tem aparecido:

  • agroecologia;
  • saúde natural e ervas medicinais;
  • economia circular;
  • produção artesanal; 
  • fabricação digital; 
  • participação e controle social; 
  • cooperativismo integral; 
  • tecnologias livres e apropriadas: soberania tecnológica; 
  • alimentação saudável; 
  • economia solidária e comércio justo; 
  • permacultura; 
  • urbanismo emergente; 
  • upcycling, manutenção e consertos; 
  • moradia sustentável; 
  • autonomia energética;
  • mobilidade de baixo impacto;
  • bioconstrução;
  • culturas da terra;
  • educação diferenciada.
Imagem CC-BY-SA Claudia Regina https://www.flickr.com/photos/claudiaregina_cc/18598015123/

Plataforma sei.eco. Aprendendo e fazendo inovação socioecológica.

Estamos construindo a plataforma sei.eco como um portal vertical que vai se tornar referência em inovação socioecológica. Nossa missão é conectar as pontas: aproximar quem tem pra ensinar de quem quer aprender; ligar quem tem produtos ou serviços com quem precisa desses produtos e serviços. Para isso, vamos começar com um piloto que vai ofertar conteúdo selecionado e algumas funcionalidades essenciais como agenda, mapeamento de espaços e coletivos. Com o tempo, vamos oferecer ferramentas específicas para as demandas de quem já atua em projetos e ações de inovação socioecológica, como centros autônomos, escolas livres, espaços independentes, associações e institutos, pequenos produtores, ecovilas, coletivos.

Acompanhe o desenvolvimento de sei.eco, ou cadastre abaixo seu email para saber quando tivermos novidades.

Imagem CC-BY-SA Robert Giordano https://www.flickr.com/photos/rob215/183221838/

Desenvolvimento. Participe e contribua!

A plataforma sei.eco foi concebida pelo UbaLab, laboratório experimental sediado em Ubatuba. E precisaremos de muita ajuda para desenvolvê-la. Você ou sua organização podem contribuir de diversas formas:

  • Ajudando a financiar o desenvolvimento do piloto de sei.eco (uma atitude pioneira e visionária, se quer saber nossa opinião) com reais, euros, dólares, bitcoin, faircoin, uilis ou outros;
  • Patrocinando seleções de conteúdo ou outras seções do portal sei.eco;
  • Ajudando a divulgar nossos projetos e ideias;
  • Oferecendo serviços ou habilidades necessárias para a gente - de preferência passando um tempo aqui em Ubatuba com a gente;
  • Contratando uma instalação do software livre itinerários e criando comunidades de aprendizagem social distribuída para sua empresa, ONG, departamento, agência ou qualquer outro contexto institucional;
  • Convidando-nos para cursos, oficinas, palestras, consultorias e afins. 

Acompanhe as páginas wiki de sei.ecoitinerários para ficar a par do progresso dessas iniciativas. Ou entre em contato com a gente:

  • Enviando um email para contato ARROBA ubalab.org.
  • Acessando a página de UbaLab no Facebook para mandar uma mensagem.
  • Falando com Felipe Fonseca no 11 98536.8091 (vivo / whatsapp / telegram).
CC-BY-SA Ministério do Desenvolvimento Social https://www.flickr.com/photos/mdscomunicacao/10992939815/

Ubatuba, pólo de inovação socioecológica.

A plataforma sei.eco foi concebida e está sendo desenvolvida a partir de Ubatuba, cidade no litoral norte paulista, primeiramente pelo UbaLab. Ela resulta de alguns anos de atuação em projetos como a plataforma Ciência Aberta Ubatuba, um projeto de pesquisa-ação que passou dois anos estudando as particularidades da criação e da circulação de conhecimento na cidade e na região; das quatro edições já realizadas do festival internacional Tropixel que explora as fronteiras entre arte, ciência, tecnologia e sociedade; da incubadora colaborativa inc.ubalab que reúne e promove o intercâmbio entre dezenas de iniciativas inovadoras em diversas áreas; entre outros. Foi observando este cenário e atuando diretamente nele que começamos a identificar o potencial que os conhecimentos e desejos que já estão presentes no território oferecem - de tornar a cidade um verdadeiro pólo de inovação socioecológica com visibilidade internacional. Acreditamos que este é um dos caminhos promissores para que criar na cidade alternativas viáveis às armadilhas do desenvolvimento. E para começar a construir este caminho foi que concebemos, entre outras ideias, a plataforma sei.eco.

Se você vive e/ou atua em Ubatuba, e por esse ou outros motivos quer ajudar a consolidar um pólo de inovação socioecológica em Ubatuba, saiba mais e participe do desenvolvimento de sei.eco.

Ubatuba